Carambola

0
4886

carambola é o fruto da caramboleira (Averrhoa carambola ), uma árvore ornamental de pequeno porte, da família das Oxalidaceae. Possui flores brancas e purpúreas. É largamente usada como planta de arborização de jardins e quintais. É originária da Índia, sendo muito conhecida na China

Características

De sabor agridoce, com coloração variando do verde ao amarelo, dependendo do grau de maturação, rica em sais minerais (cálcio, fósforo e ferro) e contendo vitaminas A, C e do complexo B, a carambola é considerada uma fruta febrífuga (que serve para combater a febre), antiescorbútica (que serve para curar a doença escorbuto – carência de vitamina C, e que se caracteriza pela tendência a hemorragias) e, devido à grande quantidade de ácido oxálico, estimulador do apetite. Seu suco pode ser usado para tirar manchas de ferro, de tintas e ainda limpar metais. Sua casca é utilizada como antidisentérico, por possuir alto teor de tanino – cujo poder adstringente pode prender o intestino.

É considerada uma fruta de quintal, pois seu cultivo não é feito em escala, sendo produzida essencialmente em sítios, quintais, granjas e pomares de fazendas. Começa a produzir frutos em torno de quatro anos de existência, dando em média duzentos frutos, podendo durar de cinquenta a setenta anos. A fruta parece uma estrela quando cortada e tem cinco gomos.

Pode ser consumida ao natural ou no preparo de geléias, caldas, sucos e conservas. Cortada em fatias e deixada no fogo brando com açúcar, fica quase da mesma consistência e sabor do doce de ameixa-preta. Na Índia e na China são bastante consumidas como sobremesa, assim como as flores e os frutos verdes, que são utilizados nas saladas.

Pessoas portadoras de insuficiência renal crônica não podem comer carambola, pois esta fruta possui uma toxina natural, a caramboxina, que não é filtrada pelos rins destas pessoas, ficando retida no organismo e atingindo o cérebro, podendo induzir crises de soluços, vômito, confusão mental, agitação psicomotora, convulsões prolongadas (estado de mal epiléptico), coma e levar inclusive, à morte. Portadores de diabetes devem consultar o médico antes de comer, pois podem sofrer de insuficiência renal e não saber. Pessoas com problemas renais devem evitar o abuso no consumo da carambola. Isso porque seu teor de ácido oxálico pode eventualmente produzir cálculos renais em indivíduos mais sensíveis.

Carambola no Brasil

Foi introduzida no Brasil em 1817, sendo plantada em praticamente todo o território brasileiro. É muito popular na Região Nordeste do Brasil.

Fruta inigualavelmente deliciosa, além de bela, a carambola é capaz representar um perigo quase desconhecido. Apesar do lindo formato de estrela (não por acaso é chamada de star fruit em Inglês), a carambola pode ser responsável por casos relativamente alarmantes para certas pessoas.

Veremos que, apesar de tudo, a carambola também possui muitos benefícios e possui nutrientes que podem fazer muito bem à saúde. Como veremos adiante, a atenção neste caso é muito importante, pois carambola é uma boa fruta, mas pode ser muito perigosa…

 Benefícios da carambola

A carambola é uma fruta exótica com sabor acentuadamente cítrico dependendo da maturação da fruta, mas que pode trazer diversos benefícios para a saúde. Por ser rica em diversas vitaminas, como a vitamina A, C e algumas do complexo B, a carambola é muito útil na prevenção de gripes e resfriados, fortalecendo o sistema imunológico. Além disso, age como antioxidante, fazendo com que o corpo seja capaz de combater os radicais lives.

Já as vitaminas do complexo B (riboflavina, piridoxina e outras) atuarão favorecendo o metabolismo e várias outras funções dentro do corpo. O potássio da carambola irá ajudar o sistema sanguíneo, diminuindo a pressão e regulando os batimentos cardíacos.

Todos os benefícios da carambola serão adquiridos sem a preocupação com o ganho de peso, uma vez que cerca de 100g de carambola terão pouco mais de 30 calorias, ou seja, uma das frutas tropicais menos calóricas que existem.

Carambola pode ser muito perigosa…

Tudo na vida requer um pouco de atenção, desde o mais simples dos alimentos ao mais complexo dos sistemas. Alguns estudos, como o da University Malaya Medical Centre, têm mostrado que a carambola pode representar risco significativo para algumas pessoas, pois possui uma neurotoxina que não existe nas outras frutas.

Segundo a University Malaya Medical Centre, esta toxina afeta os nervos e o cérebro. No entanto, esta toxina não costuma afetar pessoas saudáveis, pois o organismo será capaz de eliminar as toxinas normalmente. Segundo o alerta, pessoas com problemas renais podem sofrer com as intervenções da toxina, uma vez que o rim será incapaz de eliminar as toxinas após a ingestão da fruta. Os sintomas de intoxicação após a ingestão da fruta geralmente são:

* Crises epilépticas

* Dormência e fraqueza

* Soluços

* Confusão mental

Ou seja, pessoas com problemas renais devem evitar o consumo de carambolassem antes consultar um médico, uma vez que a insistência do sintoma pode levar ao óbito em casos mais severos.

No Brasil esta toxina foi catalogada pela Universidade de São Paulo como caramboxina em uma pesquisa publicada pela revista Angewandte Chemie International. A pesquisa reafirma e alerta a respeito dos mesmos sintomas acima, portanto o efeito da toxina é comprovado. Segundo o professor Norberto Peporine Lopes, um dos coordenadores da pesquisa, pessoas com funções renais comprometidas não conseguirão eliminar a toxina, que por sua vez acabará indo para a corrente sanguínea e terá contato com receptores do sistema nervoso, iniciando os sintomas da intoxicação.

Recomendações gerais a respeito da carambola

Não há dúvidas de que a carambola é uma fruta exótica em sua totalidade, da forma ao que há em seu interior. E, embora os estudos mostrem que ela é um perigo em potencial para quem tem problemas renais, sua toxina poderia afetar também pessoas saudáveis.

Pessoas com qualquer tipo de problema renal deveriam, precavidamente, consultar antes um médico, profissional de saúde ou mesmo nutricionista antes de consumir esta fruta, uma vez que a ingestão de uma única carambola poderia ser o suficiente para levantar os sintomas acima.

Pé de carambola

Flor de carambola