Açai

0
2713
O Açaí é uma palmeira que produz um fruto bacáceo de cor roxa, muito utilizado na confecção de alimentos e bebidas. A palmeira do açaí é por vezes confundida, no estado do Maranhão, com a palmeira juçara, embora juçara seja outro tipo de palmeira, que dá palmito de excelente qualidade.

 

 

Etimologia

O termo “açaí” é oriundo do tupi yasa’i, “fruta que chora”, numa alusão ao suco desprendido pelo seu fruto.

Descrição

É uma espécie monocotiledônea nativa da várzea da região amazônica, especificamente dos seguintes países: Venezuela, Colômbia, Equador, Guianas, e Brasil (estados do Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Acre e Tocantins), assim como de Trinidad e Tobago e das bacias hidrográficas da Colômbia e Equador que desembocam no Oceano Pacífico.

O açaí é um alimento muito importante na dieta dos nortistas do Brasil, onde seu consumo remonta aos tempos pré-colombianos. Hoje em dia, é cultivado não só na Região Amazônica, mas em diversos outros estados brasileiros, tendo sido introduzido no resto do mercado nacional durante os anos 1980 e 1990. Os estados do Pará e Amazonas, no Brasil, são os maiores produtores da fruta, sendo, juntos, responsáveis por mais de 85% da produção mundial. Um exemplo disso é o município de Igarapé-Miri, conhecido mundialmente como “a capital do açaí”. O açaí é considerado, por muitos, uma iguaria exótica, sendo apreciada em várias regiões do Brasil e do mundo.

O açaizeiro é semelhante à palmeira-juçara (Euterpe edulis Mart.) da Mata Atlântica, diferenciando-se desta porque cada planta de juçara tem somente um caule mas os açaís crescem em touceiras de 4 a 8 estipes (troncos de palmeira), cada um de 12 metros de altura e 14 centímetros de diâmetro médio e podendo chegar a até uns 20 metros de altura.

Usos

O açaí é muito consumido como suco ou pirão e cujo gomo terminal constitui o palmito. Assim, pode ser consumido na forma de bebidas funcionais, doces, geleias e sorvetes. O fruto é colhido por trabalhadores que sobem nas palmeiras com auxílio de um trançado de folhas amarrado aos pés – a peconha.

Para ser consumido, o açaí deve ser primeiramente despolpado em máquina própria ou amassado manualmente (depois de ficar de molho na água), para que a polpa se solte e, misturada com água, se transforme em um suco grosso também conhecido como vinho do açaí.

Despolpadeira de açai – Mercado Ver-o-peso – Belém/PA
 

Despolpamento mecânico em máquina utilizada no preparo do vinho. Usada em substituição às primitivas de rotação manual

Na Amazônia, o açaí é consumido tradicionalmente junto com farinha de mandioca ou tapioca geralmente gelado. Há quem prefira fazer um pirão com farinha e comer junto com peixe assado ou camarão, ou mesmo os que preferem o suco com açúcar.

Além do uso de seus frutos como alimento ou bebida, o açaizeiro tem outros usos comerciais. As folhas podem ser feitas em chapéus, esteiras, cestos, vassouras de palha e telhado para casas, e madeira do tronco, resistentes a pragas, para construção civil. Os troncos da árvore podem ser processados para produzir minerais. O palmito é amplamente explorado como uma iguaria.  O óleo de açaí também possui diversas propriedades químicas que causam efeitos benéficos no corpo humano.

As sementes limpas são muito utilizadas para o artesanato.

Açaí com complementos, como é comumente consumido na região sudeste

Nas demais regiões do Brasil, o açaí é preparado da polpa congelada batida com xarope de guaraná, gerando uma pasta parecida com um sorvete, ocasionalmente adicionando frutas e cereais. Conhecido como açaí na tigela, é um alimento muito apreciado por frequentadores de academias e desportistas, já que as propriedades estimulantes presentes no fruto são semelhantes às encontradas no café ou em bebidas energéticas. O açaí também ajuda na eliminação de resíduos do corpo, garantindo saúde para seus consumidores.

Importância comercial

O açaí é de grande importância para a sua região de cultivo em virtude de sua utilização constante por grande parte da população, principalmente os ribeirinhos. Nas condições atuais de produção e comercialização, a obtenção de dados exatos é quase impossível, devido à falta de controle nas vendas, bem como à inexistência de uma produção racionalizada, uma vez que a matéria-prima consumida se apoia pura e simplesmente no extrativismo e comercialização direta. Nos estados do Amazonas e Pará, principais produtores, o consumo de açaí, em litros, chega a ser o dobro do consumo de leite.

Comércio de açaí no mercado do Ver-o-peso em Belém do Pará.

Neste sentido, constitui-se num item de alimentação fundamental para muitas pessoas. A exportação em grande escala, entretanto, tem ocasionado uma diminuição significativa na qualidade do suco consumido pela população de baixa renda que, para consumir o fruto com uma qualidade razoável necessitaria pagar mais caro, inviabilizando sua aquisição. Uma alternativa comumente buscada por essas pessoas é a chula, um suco ralo feito a partir do açaí.

A mistura com água e outros ingredientes, promovida fora da Região Norte do Brasil,reduzindo a participação efetiva de açaí na mistura, é devido ao alto custo que seria exportar açaí do Norte, para outras regiões do país. Para se tornar economicamente viável, comerciantes passaram a misturar o açaí original, adquirido a alto custo, com outros elementos de menor valor econômico, viabilizando a venda. O detalhe é que isso gerou uma distorção na concepção de consumo da fruta: muitos brasileiros não sabem que o fruto é nativo do Norte ou que é consumido puro. Na Região Norte, tanto humildes ribeirinhos (moradores tradicionais das margens dos rios) como as classes economicamente mais favorecidas dos grandes centros urbanos consomem açaí sem os artifícios comumente empregados em outras regiões do país, considerando o açaí de duas classes: o açaí integral, sem tais artifícios, e o açaí misturado, que é aquele no qual se acrescenta água para dar mais volume e muitas das vezes até amido com intuito de obter mais consistência, comercializado com frequência em todo o país.

Óleo de açaí

óleo de açaí tem uma coloração verde-escura, de odor pouco agradável logo após sua extração e possui um sabor que lembra o da bacaba. Quando o óleo passa pelo processo de refinação, torna-se de sabor e odor agradáveis como os de bacaba e patauá.

O óleo do açaí é bastante usado tanto para fins culinários quanto para o uso cosmético. Enquanto condimento alimentício é bastante usado para temperar saladas. Seu uso cosmético é empregado para a produção de shampoos e cremes capilares, além de sabonetes e cremes hidratantes para o corpo. Possui alta concentração de antioxidante, 33 vezes mais do que a uva; rico em ácidos graxos essenciais.

Óleo virgem de açaí

Composição dos acidos graxos do óleo de açaí

Ácido Palmitico  % Peso 17,0 – 28,0
Ácido Palmiloleico  %Peso 2,0 – 6,0
Ácido esteárico  %Peso 1,5 – 6,0
Ácido oléico  %Peso 40,0 – 60,0
Ácido Vacênico  %Peso 3,0 – 4,5
Ácido linoléico  %Peso 10,0 – 22,0
Saturado  % 28,0
Insaturado  % 72,0

Composição fisico-quimico óleo de açaí

Indice Unidade Presentação
Ácidez mgKOH/g < 15,0
Peroxido 10 meq O2/Kg < 10,0
Iodo gl2/100g 60-90
Saponificação mgKOH/g 100 – 200
Densidade 25ºC g/ml 0,9688 – 0,9880
Refração (40 ºC)
Ponto de fusão ºC 4

Informação nutricional

Açaí Puro
(valor nutritivo por 100g)[17][18]
água: 48,0g resíduos totais: 1,58 g fibras:17g valor energético: 247 kcal
proteínas: 13 g lípidos: 17 g glícidos: 1,5 g açúcares simples: 1,5 g
oligoelementos
potássio: 932 mg magnésio: 174 mg fósforo: 124 mg cálcio: 286 mg
sódio: 56,4 mg zinco: 7 µg ferro: 1,5 µg cobre: 1,7 µg
vitaminas
vitamina C: 0,01 mg vitamina B1: 11,8 µg vitamina B2: 0,32 µg vitamina B3: 1738 µg
vitamina B5: 1389 µg vitamina B6: 257 µg vitamina B9: 0 µg vitamina B12: 0 µg
vitamina A: 146 UI retinol: 0 µg vitamina E: 2,07 µg vitamina K: 20 µg

Apesar do alto teor de gordura do açaí, trata-se em grande parte de gorduras monoinsaturadas (60%) e poliinsaturadas (13%), também presentes no abacate. Estas gorduras são benéficas e auxiliam na redução do colesterol ruim (LDL, melhoram o HDL, contribuindo na prevenção de doenças cardiovasculares como o infarto do coração e previnem, até mesmo obesidade, problemas de memória e fraqueza física). A antocianina, pigmento que tinge os dentes com a cor arroxeada, possui grande capacidade de combate aos radicais livres, moléculas que destroem as células sadias do nosso corpo.

Origem popular

De acordo com o folclore brasileiro, existia uma tribo indígena muito numerosa onde hoje se encontra a cidade de Belém. Como os alimentos estavam escassos, era difícil conseguir comida para toda a tribo. Então, o cacique Itaki tomou uma decisão muito cruel. Resolveu que, a partir daquele dia, todas as crianças recém-nascidas seriam sacrificadas para evitar o aumento populacional daquela tribo da floresta.

Até que um dia a filha do cacique, chamada Iaçá, deu à luz uma menina que também teve de ser sacrificada. Iaçá ficou desesperada, chorava todas as noites de saudades. Ficou vários dias enclausurada em sua oca e pediu a Tupã que mostrasse ao seu pai outra maneira de ajudar seu povo, sem o sacrifício das crianças.

Certa noite de lua, Iaçá ouviu um choro de criança. Aproximou-se da porta de sua oca e viu sua filhinha sorridente, ao pé de uma grande palmeira. Lançou-se em direção à filha, abraçando-a. Porém, misteriosamente, sua filha desapareceu.

Iaçá, inconsolável, morreu de tanto chorar. No dia seguinte, seu corpo foi encontrado abraçado ao tronco da palmeira. Porém, no rosto, trazia, ainda, um sorriso de felicidade. Seus olhos estavam em direção ao alto da palmeira, que se encontrava carregada de frutinhos escuros.

Itaki, então, mandou que apanhassem os frutos, obtendo um vinho avermelhado que batizou de Açaí (“Iaçá” invertido), em homenagem a sua filha . Alimentou seu povo e, a partir deste dia, suspendeu a ordem de sacrificar as crianças.

Benefícios do Açaí – Para Que Serve

 

Você pode desfrutar de diversos benefícios do açaí para boa forma e saúde, mas é fundamental que você atente para as condições de preparo e combinações, pois são os acompanhamentos que podem prejudicar o equilíbrio de seu organismo. Você verá agora as principais propriedades do açaí, que o tornaram famoso.

 1. Coração saudável

Possuindo efeitos semelhantes ao vinho tinto, estudos afirmam que o açaí pode ser rico em atocianinas, que é um tipo de antioxidante de plantas que pode oferecer a capacidade de redução dos níveis de colesterol na corrente sanguínea. As propriedades dos esteróis vegetais também podem contribuir com benefícios cardio-protetores para as células, o que previne contra coágulos sanguíneos, ocasionando o relaxamento dos vasos sanguíneos e melhorando a circulação de um modo geral.

2. Sistema imunológico

Estudantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro buscam provar que a ingestão do extrato de açaí pode contribuir para o combate aos organismos nocivos, porém, ainda há poucos argumentos convincentes para a comprovação dessa afirmativa.

3. Emagrecer comendo açaí

A fama do açaí é que ele pode ser um alimento que prejudica a perda de peso, mas muitos nutricionistas o reconhecem como  umsuper-alimento, e que ele pode inclusive ajudar não apenas a perda de peso, mas também na manutenção do peso conquistado.

Estudos realizados junto ao National Institutes of Aging buscam demonstrar que a polpa do açaí pode auxiliar na redução dos efeitos negativos de uma dieta irregular e com consumo de gorduras, mas esses estudos não foram feitos com humanos, então é uma informação que deve ser analisada separadamente.

Vale lembrar que a maioria das preparações com açaí são muito calóricas. Então é mais fácil afirmar que em quantidade e na forma tradicional de consumo (com granola, xarope de guaraná, banana, etc), ele pode engordar.

4. Contribui para a saúde da pele

Os produtos voltados para a melhora na beleza estão utilizando óleo de açaí, e esse uso é justificado pelo alto teor antioxidante que o óleo pode oferecer. Devemos reconhecer que diversos produtos químicos podem prejudicar a saúde da pele, se consumidos a longo prazo; é exatamente esse fator que contribui para a maior adesão do açaí.

5. Sistema digestivo mais eficiente

O seu sistema digestivo pode se manter limpo, pois um dos benefícios do açaí é que ele pode contribuir para a desintoxicação de seu corpo, principalmente por que o fruto contém fibra dietética. Esse efeito pode ser ainda mais significativo se for consumido junto a outros alimentos também ricos em fibras.

6. Melhor funcionamento respiratório

O consumo regular e equilibrado de açaí pode prevenir típicas irritações que podem estar associadas a desconfortos respiratórios, principalmente voltados para reações alérgicas. Esse efeito ainda está sob avaliação.

7. Células mais saudáveis

As antocianinas encontradas no açaí podem desempenhar uma função fundamental no sistema de proteção das células. Elas podem ajudar a manter as células fortes, o que reduz a possibilidade de ocorrência de invasão de radicais livres. Essa função protetora é um dos benefícios do açaí mais importantes para pessoas que estão em dietas restritas ou que possuem deficiências nutricionais.

8. Contribuição para o combate contra o cancro

Seu consumo para a boa forma pode ser interessante para a maioria dos consumidores, mas será que todos eles sabem por que podemos desfrutar de tantos benefícios do açaí? Ele é rico em vitamina C e ácido elágico. Essa combinação pode agir no sistema imunológico, o que contribui para suprimir o crescimento do cancro.

Efeito anti-envelhecimento

O efeito antioxidante também contribui para a capacidade de diminuir ou reverter processos semelhantes ao envelhecimento ou danos oxidativos. Afirma-se inclusive que a quantidade de antioxidantes contidas no açaí pode ser até duas vezes maior que a quantidade oferecida pelos blueberries. Esta está entre as propriedades do açaí mais famosas e o motivo de o considerarem um superalimento.

10. Fornece energia

O benefícios do açaí podem contribuir com a saúde de um modo geral, pois ele oferece energia e resistência, assim ajudando a combater a fadiga e exaustão. Quando você necessitar de um estímulo extra, delicie-se com o fruto e sinta-se mais motivado. É por isso que muitas pessoas consomem açaí antes ou após os treinos de alta intensidade, pois ele pode favorecer ao rendimento durante o treino e se consumido após, pode reduzir a possibilidade de mal estar e desconfortos. Esse é um dos principais benefícios do açaí para a boa forma.

11. Eleva o desejo sexual

O consumo do fruto é associado ao aumento da circulação do sangue no sistema do corpo humano, esse fenômeno é um dos contribuintes para o aumento do desejo sexual, principalmente para homens.

12. Contribui para o funcionamento mental

Estudos buscam comprovar que o açaí pode impedir o desequilíbrio mental em mulheres na fase da menopausa.

13. Equilibra os níveis de colesterol 

Estudos buscam comprovar que consumir açaí em uma dieta rica em gorduras pode manter os níveis de colesterol ruim (LDL) e colesterol total equilibrados.

14. Auxilia na saúde dos ossos e dentes

O açaí pode favorecer a saúde dos seus dentes e ossos, pois ele pode contribuir com quantidades significativas de Cálcio. Essa propriedade oferecida pelo fruto pode está associada ao seu uso para a prevenção de hipertensão e osteoporose.

15. Livre de câimbras

A contribuição de Potássio oferecida pelo açaí pode um diferencial para evitar os desconfortos ocasionados por má circulação e câimbras. Se conciliado junto aos exercícios físicos e uma alimentação rica em líquidos, o efeito pode ser intensificado, assim reduzindo os impactos de desidratações.

Como preparar açaí

Uma vez que o açaí fresco tem uma vida útil curta, ele é principalmente vendido em três formas principais: polpa, pó e sucos.

suco de açaí é carregado com antioxidantes, mas também é o que contém o mais alto teor de açúcar e falta de fibra. Além disso, o suco pode conter menos antioxidantes.

O pó fornece a quantidade mais concentrada de nutrientes, dando-lhe fibras e gorduras, bem como compostos vegetais.

No entanto, a polpa é provavelmente a melhor maneira de aproveitar o sabor do açaí. Para fazer o açaí na tigela, misture a polpa congelada sem açúcar com água ou leite e bata num liquidificador.

Uma das formas mais comuns de come-lo, é o açaí com banana, mas você pode incluir outras frutas fatiadas, sementes de chia, frutos secos, etc. Há também aqueles que preferem acompanhamentos mais calóricos, como doces, chocolates, leite condensado, leite em pó, granola, entre outros. Apesar de tentador, esses acompanhamentos aumentam muito as calorias do alimento.

Você também pode usar o pó de açaí para fazer várias receitas. Misture-o na sua receita de smoothie favorita, suco, sorvete, entre outras.

Pé de açai

Pé de açai com frutos